Relatos sobre Módulo 12 Ano III Nov/2012

Ma. Nazareth – Taubaté SP
Foi muito bom mesmo este módulo de novembro. Gostaria que houvessem mais novembros como este p.p.
Quem esteve presente certamente levou consigo uma experiência “sui generis”, que ficará “tatuada no corpo, na mente e no espírito. Possibilitou-nos desenvolver  a  relação de confiança que é essecial no Tango, o compartilhamento e a  olhar para nosso interior.róprios. Acredito que a maioria conseguiu entrar em sintonia com os afetos e seus efeitos, tanto quanto com os desafios, bloqueios internos e externos.
Parabéns  Marco Toniasso e Maycon Santos!
Cada dia mais me orgulho de ter docentes sérios e comprometidos com o Tango e por fazer parte da primeira turma do Curso de Qualificação Profissional em Tango Dança.

Ademir Borges Cordeiro – Curitiba PR

Bom dia a todos. Sem dúvida nenhuma tivemos como sempre um grande final de semana, dois dias duas aulas maravilhosas. No sábado com o Marco toda a energia necessária para enriquecer nossa alma. No domingo com Maycon o retorno na hora certa do passo básico e do molinete e com que categoria de aula, todos puderam fixar de vez as técnicas. A coisa mais importante e mais linda que aconteceu foi na nossa conversa informal quando alguem disse ” DAR UM JEITO “, fui em busca dessas 3 palavras magicas e vejam alguns de seus significados.
DAR – v.tr. (conjugar) ” APLICAR-SE ; DIDICAR-SE ”
UM – ” CUJAS PARTES SE COADUNAM PARA FORMAR UM TODO ”
JEITO – s.m. ” LEVE MOVIMENTO “.
Como disse o Maycon com toda propriedade da turma, me parece que estas 3 palavras tem tudo e muito mais haver com o grupo de tangueiros que somos, de amigos e companheiros.
Se não vejamos:- Somos relmente um grupo APLICADO, todos juntos desde o primeiro dia FORMAMOS UM TODO e para ser um verdadeiro tangueiro só a partir do dia em que consegue nos seus passos um LEVE MOVIMENTO.
Para pensar.
Abraços a todos, saudades.

Mário César Brasil – Blumenau SC

Sobre o dia 17/11/12: Professor Marco, a mudança que ocorreu no modulo, inicialmente me deixou apreensivo, mas diante de sua habilidade em conduzir o grupo, com uma nova proposta, eu diria, e é consenso no grupo, pelos comentários que eu escutei, que a solução veio de encontro a necessidade de todo o grupo. Pela maturidade do grupo, foi possível efetuar os exercícios com muito sucesso, pela naturalidade com que foram compartilhados. O foco do meu projeto de TCC, aborda estas questões do abraço, do sentimento entre o casal dançante, da energia que circula durante, e principalmente o reconhecimento do corpo do outro, e como interagir com o mesmo, naquilo que eu quero fazer com ele.As sensações experimentadas, ficam guardadas neste momento único, e quando acionadas, estarão presentes com a mesma clareza e intensidades. O Tango dança nos proporciona a possibilidade destes estágios de transcendência, basta ter a coragem para experimenta-los. Parabéns pela brilhante condução do grupo.

Sobre dia 18/11/12: O trabalho do professor Maycon, nos leva ao aperfeiçoamento de como bailar com técnica do movimento, de como fazer, e no  ideal da sua aplicação.O Júlio estava no questionamento, pois pensava que o curso não daria isto no momento final, neste modulo ele percebeu que estamos chegando lá. Todos necessitamos de mais dedicação própria, fora das salas de aula. Tomar consciência de quem estamos nos tornando, para então poder sentir, que podemos ir além, muito além daquilo que estamos acostumados a fazer.A docência para nós será com certeza, um dos caminhos, para ultrapassarmos fronteiras, pois trabalhando com o outro, no ensinamento, somos forçados a eliminar/detonar barreiras, que nós mesmos criamos. Parabéns a este professor, pela sua paciência em trabalhar com o nosso grupo.

Edelir dos Santos – Joinville SC

Olá amigos, quero compartilhar com vocês este maravilhoso final de semana, tivemos a nossa penúltima aula. Desde que entrei nesse curso a três anos atrás, sem saber dar um passo sequer de Tango, cada aula foi uma descoberta um desafio, as experiências que estou tendo não só na dança como na vida pessoal está sendo incrível. E neste módulo foi muito intenso, as coisas que eu senti com as praticas são indescritíveis, só sentindo para saber a intensidade da coisa. Quando eu quis fazer o curso queria dançar Tango simplesmente, porque gosto de dançar e achava bonito. Hoje eu quero sentir o tango, viver o tango, ele é muito mais que uma dança, é muito mais que “passo”, Tango é uma imensidão de bons sentimentos de felicidade. Não vou dizer que foi fácil ou é fácil, porque muitas vezes temos que quebrar paradigmas enfrentar a nós mesmos, e descobrir coisas incríveis que podemos fazer. A cada módulo eu volto pra casa mais o menos assim hahaha!!! O que é isso que estou sentido…. Eu quero mais!! mais!! Esses três anos foram intensos, estamos indo para o quarto ano.  O que eu posso dizer  é que esta valendo muito a pena.

Maycon Santos – Docente e Coordenador do C.Q.P.T.D

Minha manifestação:

A compreensão é a chave para a realização, portanto é fundamental estar consciente para compreender o que estamos fazendo para alcançar a realização desejada.

Somos todos parte de uma obra única e por isso corresponsáveis por sua realização e qualificação; está obra chama-se  “Curso de Qualificação Profissional em Tango Dança”, e esta turma pioneira e valente, está na reta final, pois tem só mais um ano para concluir sua missão de sintetizar e absorver todos os conhecimentos e intensas vivencias realizadas no decorrer dos 4 anos e das 1.000 horas do curso.

Repito, cada um de nós é parte desta obra única, cada um representa um detalhe importante que projeta a riqueza total da imagem da obra. Sei que podemos melhorar muito nossa imagem, esculpindo-nos da melhor forma possível através do maior esforço consciente e da constante disciplina. Assim penso que teremos real clareza e nitidez do que fomos capazes de abarcar do primeiro “Curso de Qualificação Profissional em Tango Dança”.

Convido com muito afeto (amor consciente) cada responsável por esta obra para “dar um jeito” e manter a valentia, a disposição de ânimo, a serenidade de espírito e a convicção do propósito de bem; e assim concluirmos esta “obra única”.

Ricardo Gimenez – Presidente Prudente SP

Éh que energia consistente… Neste módulo de novembro, dava para tocar e com certeza, através da emoção a técnica vem a tona! Incrível como foi importante voltar as bases… Passo básico, Molinete e Tecleo…. Dancei com toda minha alma e senti tocar a alma de todos que tive o prazer de bailar! Gracias queridos, Avante sempre!
” sempre daremos um jeitinho” não deixem de ser persistentes! Amo cada um de vcs!


Um comentário para “Relatos sobre Módulo 12 Ano III Nov/2012”

  1. Ademir disse:

    Bom dia a todos. Sem duvida nenhuma tivemos como sempre um grande final de semana, dois dias duas aulas maravilhosas. No sabado com o Marco toda a energia necessária para enriquecer nossa alma.No domingo com Maycon o retorno na hora certa do passo basico e do molinete e com que categoria de aula, todos puderam fixar de vez as tecnicas. A coisa mais importante e mais linda que aconteceu foi na nossa conversa informal quando alguem disse ” DAR UM JEITO “, fui em busca dessas 3 palavras magicas e vejam alguns de seus seignificados.
    DAR – v.tr. (conjugar) ” APLICAR-SE ; DIDICAR-SE ”
    UM – ” CUJAS PARTES SE COADUNAM PARA FORMAR UM TODO ”
    JEITO – s.m. ” LEVE MOVIMENTO “.
    Como disse o Maycon com toda propriedade da turma, me parece que estas 3 palavras tem tudo e muito mais haver com o grupo de tangueiros que somos, de amigos e companheiros.
    Se não vejamos:- Somos relmente um grupo APLICADO, todos juntos desde o primeiro dia FORMAMOS UM TODO e para ser um verdadeiro tangueiro so a partir do dia em que consegue nos seus passos um LEVE MOVIMENTO.
    Para pensar.
    abraços a todos, saudades.

Deixe um comentário